Picasso, coleção magistral em Paris


Picasso museu

O Museu Picasso em Paris está instalado no Hôtel Salé, uma mansão do século XVII no bairro de Marais, que abriga uma das maiores coleções do mundo do trabalho de Pablo Picasso.

Contruído entre 1656 e 1660, o Hôtel Salé, projetado pelo arquiteto Jean Boullier de Bourges, deve seu nome a seu primeiro proprietário. Do século XVIII a meados do século XIX, essa mansão teve diversos ocupantes e até ser atribuída ao museu, teve diferentes locatários privados e instituições. A Prefeitura de Paris adquiriu a mansão em 1964 e a inscreveu como Monumento histórico, em 1968. Após um longo período de renovação e modernização, o Museu Picasso, reabriu suas portas em outubro de 2014.

Picasso museu1

Ao longo dos três percursos da visita, o novo Museu Picasso reúne uma coleção excepcional de 5000 peças, dentre as quais, 300 pinturas e 370 esculturas. O Hôtel Salé dispõe de uma superficie de 3600m² de exposição de obras-primas daquele que é considerado o pintor mais criativo do século XX, de forma cronológica e temática. Além da coleção pessoal de Picasso, suas próprias telas são confrontadas com obras adquiridas de seus artistas de predileção, modernos ou contemporâneos, como Cézanne, Degas, Matisse, Braque e tantos outros.

Por que uma coleção de Picasso tão importante na França?

Décadas vivendo na França,  parte do acervo de Picasso deixado aos seus herdeiros é doada ao Estado francês, como parte do pagamento de impostos de sucessão de herança, através de processo de Dação, regulamentado pelo Código Tributário. Outras obras foram cedidas ao Estado, pelos herdeiros e por Jacqueline Picasso, sua última esposa. O Museu Picasso também enriquece suas coleções adquirindo obras de colecionadores privados.

Picasso museu detalhes

Picasso fotografia

Nascido em Málaga em 1881, Picasso viveu e iniciou seu aprendizado na pintura, na Espanha, onde assimilou a arte dos grandes mestres espanhóis do século XVII, o Século de ouro da pintura (Vélasquez, Murillo), antes de partir para Barcelona e de se instalar finalmente, em Paris. Com uma pintura viva, colorida e expressiva, característica dos pintores pos-impressionistas modernos : Van Gogh, Cézanne, Toulouse Lautrec, etc.

Em 1937, Picasso se instalou em seu atelier rue des Grands-Augustins, em Paris. Durante os dez anos seguintes, sua pintura foi influenciada por acontecimentos violentos que mudaram o cenário mundial, da Guerra da Espanha à Segunda Guerra Mundial, quando realiza sua tela de estilo cubista ‘Guernica’, obra de dimensões colossais representativa do bombardeio sofrido pela pequena cidade espanhola de Guernica em 26 de abril de 1937 por aviões alemães.

Em 1968, aos 87 anos, produziu em sete meses uma série de 347 gravuras recuperando os temas da juventude: o circo, as touradas, o teatro, as situações eróticas. Anos mais tarde, adoentado, além da visão deficiente, põe fim às suas atividades. Pablo Picasso morreu aos 91 anos de idade e está enterrado em Aix-en-Provence, no sul da França.

Picasso museu obra

Picasso vertical

Picasso escultura

Picasso touradas

Musée Picasso – 5 Rue de Thorigny, 75003 Paris

 

Picasso Mania, no Grand Palais

 

Picasso Mania

Na exposição Picasso Mania, realizada no Grand Palais, até 29 de fevereiro de 2016, além das pinturas e esculturas do artista, a própria figura do pintor espanhol também é alvo de fascinação. Pablo Picasso fez de tudo durante sua trajetória, pinturas, esculturas, vídeos, do cubismo ao surrealismo, e com isso serviu de inspiração para o trabalho de muitos outros artistas contemporâneos como grandes pintores, cineastas, poetas e escritores.

Montada de forma cronológica, a exposição temática apresenta momentos da percepção crítica e artística da obra de Picasso. Além disso, a exposição conta também com as etapas de formação do mito que se associou ao nome Picasso, colocando em destaque as grandes fases estilísticas do artista e destacando suas obras emblemáticas como Guernica e As senhoras de Avignon, conectando-as a obras contemporâneas de Hockney, Johns, Lichtenstein, Warhol, Basquiat ou ainda Jeff Koons.

Les demoiselles

reinterpretação da obra “As senhoras de Avignon”

 

Picasso Mania 1

Picasso mania cartaz
Picasso Mania no Grand Palais até 29 de fevereiro de 2016 – Avenue du Géneral Eisenhower, 75008 Paris


 

PAUSA GOURMET & CULTURA

A dois passos do Museu Picasso, impossível não notar as elegantes e apetitosas vitrines da pâtisserie Meert, fundada em Lille, em 1761. Conhecida por suas « gauffres » fabricadas artesanalmente com baunilha de Madagascar, esta pâtisserie-bombonière, que também conquistou o General Charles de Gaulle, que era originário da cidade de Lille, tem grande variedade de doces, guimauves de todas as cores, chocolates, bombons, frutas caramelizadas, mini bolos, madeleines, enfim… tudo na Meert é irresístivel ! Attention! à importer! “para levar” e sair se deliciando pelo Marais.

Meert fachada

Meert vitrine

Meert – 16 rue Elzévir – 75003 Paris

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Taste of Paris 2017 : festival de gastronomia

De 18 a 21 de maio de 2017 acontece em Paris, o Taste of Paris, um dos eventos mais esperados pelos amantes da gastronomia. De chefs três estrelas a jovens talentos, o  Taste of Paris reune a nata do meio gastronômico parisiense. Os restaurantes se organizam com espaços « pop up » num ambiente festivo realizado no…

LER MAIS
Exposição Picasso.Sculptures

Mais uma exposição imperdível para quem estiver visitando Paris no mês de agosto. O Museu Picasso de Paris realiza uma exposição que evidencia um lado pouco conhecido do artista, o de escultor. Com mais de 160 esculturas, a exposição Picasso.Sculptures reúne cerca de 70 empréstimos,  incluindo obras excepcionais, como a série “Seis Copos de Absinto”…

LER MAIS
Christophe Michalak, Master Chef Pâtissier

Chef Pâtissier exclusivo desde 2000, do Plaza Athénée, Christophe Michalak decidiu satisfazer um maior número de aficionados pela pâtisserie francesa, deixando o cargo no célebre restaurante de Alain Ducasse, para abrir sua própria escola de pâtisserie, instalada no 10° Distrito de Paris, desde 2013, onde também funciona sua primeira loja. O sucesso foi imediato e…

LER MAIS
Marais, um dos bairros mais pitorescos de Paris

De todos os bairros de Paris, o Marais continua sendo um dos mais autênticos. Antiga área de pântano ocupada, desde o século 12, por ordens religiosas, o Marais transborda de tesouros arquiteturais. Um passeio pelo Marais oferece um conjunto de surpresas e muitos contrastes : do bairro judeu, no entorno da rue des Rosiers à…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis