Marmottan-Monet : a maior coleção no mundo de obras de Claude Monet


Quando falamos em impressionismo, o primeiro museu no qual pensamos é o Museu d’Orsay, em Paris, que reune obras-primas de grandes artistas impressionistas como Monet, Manet, Caillebotte, Cézanne, Renoir, Pizarro e outros.

Porém, a maior coleção no mundo de obras de Claude Monet, não está no Orsay, mas sim, no Museu Marmottan Monet, um museu bem menor, que fica no 16° distrito de Paris.

O Museu Marmottan Monet deve sua existência a Paul Marmottan (1856-1932) que legou sua importante coleção de obras de arte e sua mansão, antigo pavilhão de caça, à Academia de Belas Artes.

 

Marmottan Monet

O essencial da coleção do Marmottan é dedicado às artes do Primeiro Império, pelas quais, Paul Marmottan tinha verdadeira paixão, como erudito e colecionador.

Paul Marmottan era um grande conhecedor do estilo Primeiro Império e pôde constituir uma remarcável coleção, abrangendo quase todos os domínios artísticos de sua época fetiche : pinturas, desenhos, estampas, miniaturas, medalhas, esculturas, mobiliário, porcelanas, etc.

 

Marmottan Monet império

Marmottan Monet canova

Grandes nomes do Primeiro Império estão nele representados, como David, pintor oficial de Napoleão Bonaparte, Ingres, Gros, Girodet e Canova. No domínio das artes decorativas, as peças da coleção Paul Marmottan são assinadas pelos maiores artesãos da época : Jacob, Molitor, Bellangé, Thomire, Feuchère e outros.

 

Marmottan imperador e imperatriz

O Imperador Napoleão Bonaparte e a Imperatriz Josefina

 

Marmottan Monet aposentos

Cama no estilo Império, tendo pertencido ao Imperador Napoleão

Como a coleção de Monet chega ao Museu Marmottan 

Em 1957, o Museu Marmottan Monet recebe como doação, a coleção de Victorine Donop de Monchy, herdeira de seu pai, o Doutor Georges de Bellio, médico de Manet, Monet, Pissarro, Sisley e Renoir, que foi um dos primeiros apreciadores da pintura impressionista.

 

Marmottan Monet pintura

Mais tarde, Michel Monet, segundo filho do pintor, legou, em 1966, à Académie des Beaux-Arts, sua propriedade de Giverny e sua coleção de quadros, herança de seu pai, para o Museu Marmottan. O Museu adquire desta forma, a maior coleção no mundo, de obras de Claude Monet. Em 1996, a Fundação Denis e Annie Rouart é criada no Museu Marmottan Monet e enriquece suas coleções com obras prestigiadas de Berthe Morisot, Edouard Manet, Edgar Degas, Auguste Renoir ou ainda Henri Rouart.

 

Marmottan Monet retrato

Claude Monet, aos 27 anos

 

Marmottan Caillebotte

A célebre obra de Gustave Caillebotte, “Paris, um dia de chuva”, faz parte do acervo do Marmottan Monet

 

O Museu Marmottan Monet, fica no n° 2, rue Louis-Boilly – 75016 Paris –  Metrô : La Muette/linha 9

Attention ! Aberto todos os dias, exceto às segundas-feiras, das 10h às 18h. Noturno às  quintas-feiras, até às 21h.

 


Exposição 2016

A arte e a criança : obras-primas da pintura francesa.

Marmottan expo

Até 3 de julho de 2016, o Museu Marmottan Monet organiza a exposição L’art et l’enfant (a arte e a criança) : obras-primas da pintura francesa. Provenientes de coleções particulares e de prestigiados museus franceses e estrangeiros, uma centena de obras assinadas por grandes mestres como : Le Nain, Champaigne, Fragonard, Chardin, Greuze, Corot, Millet, Manet, Monet, Morisot, Renoir, Cézanne, Matisse, Picasso… retraçam a evolução do estatuto da criança, do século XV ao século XX e se interroga sobre seu papel no desenho infantil.

 

Marmottan expo enfant

 

A exposição « L’Art et l’enfant. Chefs-d’œuvre de la peinture française », é sublime e inédita. Vale a pena conferir e aproveitar para conhecer a excepcional coleção impressionista do Museu Marmottan Monet.

 

 

Leia o post sobre a Casa e Jardins de Monet, no link.

 

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Eugène Delacroix
Na intimidade de Delacroix

No passeio guiado pelo bairro histórico de Saint-Germain des Prés, sempre que possível, entramos pelo menos no pátio de museu Delacroix, onde viveu o artista, um dos maiores nomes do Romantismo na França. O museu Delacroix fica no primeiro andar de um pequeno prédio do n° 6, rue de Furstenberg, local onde Delacroix morou e…

LER MAIS
raspadores de assoalho pintura
3 pinturas para celebrar o Dia do Trabalhador

ORIGEM DO DIA DO TRABALHADOR  A comemoração do Primeiro de Maio como Dia do Trabalhador remonta aos movimentos trabalhistas ocorridos na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, no final do século XIX, como consequência direta da precarização do trabalho após a Revolução industrial. Na época, a jornada de trabalho era superior a 12 horas por dia, sem…

LER MAIS
exposicao-Louboutin
Exposição em Paris celebra Christian Louboutin

Uma exposição excepcional em Paris celebra Louboutin! 55 anos, 28 anos de criações marcantes em seu próprio nome, o designer de sapatos Christian Louboutin é famoso em todo o mundo por seus desejados sapatos de solado vermelho. Expressão de uma época, de uma cultura, de uma identidade, a moda tem ganhado cada vez mais espaço…

LER MAIS
Impressionismo e a moda
10 exposições imperdíveis em Paris

10 exposições imperdíveis em Paris haja critério para selecioná-las, pois a vontade é de listar todas, mas a lista é numerosa. Paris tem uma oferta cultural vasta e além da visita das coleções permanentes, seus principais museus organizam exposições temporárias com temas específicos. Como Guia Cultural em Paris, estou sempre visitando essas exposições para complementar…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.