Japão na França: trono contemporâneo sob a Pirâmide do Louvre


A Pirâmide do Louvre é um dos elementos de maior atração do museu e, desde abril de 2014, o Louvre tem convidado artistas contemporâneos para criarem instalações temporárias especificamente para serem exibidas sob sua Pirâmide central, principal entrada do museu, criada pelo arquiteto sino-americano Ieoh Ming Pei.

Instalação contemporânea na Pirâmide do Louvre

Kowei Nawa no Louvre

O « Trono » de Kohei Nawa

Nascido em Osaka, em 1975, Kohei Nawa vive em Tόquio e dirige a plataforma SANDWICH Inc, que reune um coletivo de criadores, entre arquitetos, fotόgrafos e designers. Kowei Nawa estudou na universidade municipal de artes de Kyoto, com especialização em escultura.

Até janeiro de 2019, os visitantes do Louvre poderão conhecer de perto, a monumental obra de Kohei Nawa, que criou um Trono futurista de aço, medindo mais de 10 metros de altura. Inspirado nas formas e origens dos carros dos desfiles religiosos utilizados no Oriente, pesando 3 toneladas, o « Trono » de Kohei Nawa foi realizado com a inovadora técnica de modelagem 3D e a técnica de revestimento em folhas de ouro, cujo conhecimento faz referência ao Egito antigo e às coleções do museu do Louvre.

A famosa Pirâmide do Louvre

Japonismos 2018 : arte e cultura japonesa em evidência

O ano de 2018 marca o 160° aniversário das relações diplomáticas entre o Japão e a França, bem como o 150° aniversário da era Meiji, quando o paίs se abre para Ocidente. Nesse contexto, o Império do sol nascente é destaque na França com o Projeto Japonismos 2018, que contempla outras exposições temporárias de artistas nipônicos, inclusive, a mostra de Murakami, na Fondation Louis Vuitton.

Japonismos 2018

Pirâmide do Louvre e o Trono de Kawei Nawa

E então, vocês acharam que o « Trono » de Kohei Nawa se integrou bem à Pirâmide do Louvre ?

E MAIS …

Visitar o Museu do Louvre é atravessar mais de 800 anos de histόria da arte e da arquitetura. Saiba como funciona nossa visita guiada no Louvre, aqui.

As Pirâmides do Louvre, que hoje são referências para o Louvre foram inicialmente muito constestas pelos franceses.  Vem saber dos motivos nesse post.

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Poltrona listrada Pio Conti
Gio Ponti, arquiteto da elegância

O Museu das Artes Decorativas de Paris apresenta em sua nave central, a exposição Tutto Ponti, Gio Ponti archi-designer cobrindo o conjunto da carreira do arquiteto e designer italiano Gio Ponti, de 1921 a 1978. Considerado como um dos profissionais mais influentes do século XX, Ponti (1891-1979) interessa-se tanto pela produção industrial quanto pela produção…

LER MAIS
A alegre pintura de Renoir nos bailes de Montmartre
O impressionismo e a moda

Na época dos impressionistas, as roupas da moda eram vendidas a preços mόdicos. Homens e mulheres que apreciavam seguir a moda, encontravam ilustrações de modelos em jornais especializados que divulgavam as mais célebres criações das maisons de couture, modistas, alfaiates e lojas que propunham elementos necessários à composição de trajes eegantes, vestidos e chapéus. Nos…

LER MAIS
Pablo Picasso celebrado em Paris
2018: Picasso celebrado em Paris

Nascido em Málaga em 1881, Picasso viveu e iniciou seu aprendizado na pintura, na Espanha, onde assimilou a arte dos grandes mestres espanhóis do século XVII, o Século de ouro da pintura (Vélasquez, Murillo), antes de partir para Barcelona e de se instalar finalmente, em Paris, onde produziu grande parte de suas obras. Picasso chega…

LER MAIS
Tenda da instalação Napoleão na Bienal Paris
Bienal Paris no Grand Palais

A Bienal Paris é um dos eventos culturais mais prestigiados da capital francesa. Durante uma semana, a Bienal reune sob a histόrica cúpula do Grand Palais, cerca de sessenta galeristas franceses e estrangeiros. Comparada a um museu efêmero, a Bienal é um salão histόrico e patrimonial, reunindo coleções excepcionais de quadros, esculturas, mόveis e objetos…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis