Impressionismo na Fondation Louis Vuitton


Para o primeiro semestre de 2019, a Fondation Louis Vuitton reúne uma coleção única de obras de artistas impressionistas, que pertenceram ao colecionador Samuel Courtauld, grande apreciador da pintura francesa, que dedicou parte de sua fortuna para adquirir algumas das mais belas pinturas impressionistas e pόs-impressionistas. A coleção excepcional conta com obras-primas de Manet, Van Gogh, Renoir, Toulouse-Lautrec ou ainda Degas. Algumas expostas ao público pela primeira vez.

Samuel Courtauld (1876 – 1947)

Os laços que unem Samuel Courtauld à França são determinantes em suas motivações e formação de sua coleção. Sua famίlia, originária da Ilha d’Oléron, na França, imigra para Londres no final do século XVII e, na Inglaterra, prosperam como industriais do setor têxtil, com a invenção da viscose, fibra sintética revolucionária, vai prosperar como uma das mais importantes empresas têxteis no mundo no inίcio do século XX.  Samuel Courtauld assume a presidência da empresa em 1921 e acompanha seu desenvolvimento até 1645. Ao lado de sua esposa Elizabeth, em menos de 10 anos, o casal constitue essa fabulosa coleção posteriormente exposta ao público através da criação do Institut Courtauld, em Londres.

A exposição representa um testemunho da extrema exigência e do engajamento artίstico de Samuel Courtauld e apresenta 110 obras, dentre elas, pinturas, gravuras todas tendo pertencido ao colecionador e majoritariamente conservadas na Courtauld Gallery, em Londres, ou em diferentes coleções públicas e privadas internacionais.

O circuito da exposição é cronolόgico e retraça o desenvolvimento do impressionismo e do pόs-impressionismo a partir dos 1860.

Fondatuon Louis Vuitton Paris

Collection Courtauld – um olhar sob o impressionismo

De 20 de fevereiro a 17 de junho de 2019

Fondation Louis Vuitton – 8, ave. du Mahatma Gandhi, 75016

 

Leia o post do blog sobre a trajetόria da Louis Vuitton. Neste link.

Conheça a Fondation Louis Vuitton, que fica a 10 minutos do Arco do Triunfo. Clique aqui.

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

mulheres negras na Vogue Paris
Vogue Paris e ONU Femmes – arte e causa social com mulheres inspiradoras

A Monnaie de Paris recebe até o dia 27 de fevereiro de 2019, a exposição “Artistes à la Une, Togeth’her”®, organizada para apoiar programas da ONU Femmes, em prol da igualmente dos sexos e autonomia da mulher. Artistas de várias parte do mundo, homens e mulheres, foram convidados à imaginar uma capa (virgem) da revista…

LER MAIS
Napoleao Bonaparte estrategista
Palácio dos Inválidos: os segredos de estratégia de Napoleão

Arcole, Ulm, Austerliz, Iéna, Friedland, Wagram… As batalhas vencidas por Napoleão I foram inúmeras. A exposição « Napoléon Stratège » no museu da Artilharia, no Palácio dos Inválidos, explora uma faceta de Napoleão ainda pouco conhecida : a de chefe de guerra.  A exposição objetiva explicar o que fez desse general e imperador, uma referência à frente de…

LER MAIS
Pissarro : pilar do impressionismo

Exposição “Pissarro à Éragny : La nature retrouvée” (Pissaro em Éragny : reencontro com a natureza) Até 9 de julho de 2017, no Museu do Luxemburgo. Neste último domingo, quem me acompanhou pelo Stories do Instagram @beminparis pôde ver parte da exposição Pissarro no Museu do Luxemburgo e de quebra, fazer um passeio guiado comigo entre o…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis