Exposição sobre o Sapato no Artes Decorativas de Paris


sapatilha de seda

O Museu das Artes Decorativas de Paris continua a explorar a relação do corpo e a moda, com um componente tão surpreendente quanto original, o sapato abordando aspectos históricos e técnicos em torno da marcha. A exposição « Marche e démarche », (em português, Caminhada e marcha), promete ser mais um grande sucesso no meio fashionista e acontece de 7 de novembro de 2019 a 23 de fevereiro de 2020. Através dessa exposição, o museu explora o universo do sapato, abordando o status desse acessório indispensável e suas diferentes formas de uso, da Idade Média aos dias de hoje, tanto no Ocidente como em culturas não europeias. Como mulheres, homens e crianças, culturas e grupos sociais calçam ao longo dos tempos? Mais de 500 obras, entre sapatos de diferentes épocas, pinturas, fotografias, objetos de arte, filmes e peças publicitárias, originárias de coleções públicas e particulares francesas e estrangeiras, propõem uma leitura inédita dessa peça do vestuário, considerada ao mesmo tempo, comum e extraordinária.

O sapatinho de Maria-Antonieta

A cenografia da exposição é assinada pelo arquiteto-designer Eric Benqué.

sapato de Maria-Antonieta Paris

 Sapato de Maria-Antonieta, 1792

O tema dessa exposição nasceu durante o estudo, nas coleções do museu, de um sapato usado por Maria-Antonieta em 1792. Este objeto é surpreendente em suas dimensões, pois mede 21 cm de comprimento e apenas 5 cm de largura. Como uma mulher, então com 37 anos, poderia deslizar o pé em um sapato tão pequeno ? A pesquisa nos textos da época – crônicas, memórias, romances – revelou que as damas da aristocracia do século XVIII, e a alta burquesia do século XIX , caminhavam pouco, que a mobilidade delas era controlada e que a mulher era de certa forma, hostilizada no meio urbano.

O sapato durante os séculos: mitos e verdades

sapatos contemporâneos Paris

A exposição faz uma análise do ato de andar  e calçar no cotidiano, da infância à idade adulta, na Europa, na África, na Ásia e na América. Do século XV ao século XIX  constata-se que alguns fatores ambientais, como solos irregulares por exemplo, restrigem ato de caminhar, impondo o uso de calçados adaptados. Na França, durante a Ocupação dos Nazistas durante a guerra,  a penúria de matérias-primas resulta na fabricação de solados de madeira que tornam o caminhar brusco e barulhento. A exposição também explora o universo do sapato militar e o sapato como elemento central de fetichismo, como os usados pelas sensuais dançarinas do Crazy Horse, em Paris. Por fim, a exposição mostra técnicas que, ao longo dos séculos, agregam conforto ao sapato, conciliando ideal de beleza e mobilidade.

sapatos com solado em madeira

Sandália para mulher, 1942

Desvendando o sapato nosso de todo dia

Muito além de uma abordagem sobre o sapato como simples acessório de moda, a exposição « Marche et démarche », no Artes Decorativas de Paris, tem como objetivo despertar nossa curiosidade pelo sapato, esse acessório diário que temos a impressão de conhecer. Uma bela oportunidade para conhecer todo o trabalho técnico por trás do nosso indispensável sapato de todo dia.

 

Exposição “Marche e démarché”: universo do sapato, de 7 de novembro de 2019 a 23 de fevereiro de 2020, no museu das Artes Decorativas em Paris. Musée des Arts Décoratifs -107, rue de Rivoli -75001 Paris

exposição sapatos em Paris

exposição sobre o sapato em Paris

sapato homenagem a Calder

Benoit Méléard, sapato « Homenagem à Calder », coleção « O », 1999

 

Vale a pena ler de novo sobre duas exposições de moda já apresentadas no Artes Decorativas de Paris.

FASHION FORWARD, 3 séculos de moda (1715-2016). Nesse link.

70 anos de Alta costura da Dior. Leia aqui.

E MAIS …

Loulou vem de Louvre, e é o nome do restaurante do Artes Decorativas, que fica no mesmo prédio do museu do Louvre. Restaurante testado e aprovado pela BEM IN PARIS. Tudo sobre o Loulou. Aqui.

Voilà! espero vocês com novidades diárias (ou quase, rsrs), no Instagram @beminparis 

Quer conhecer os diferentes museus de Paris antes de planejar sua viagem? Acesse nosso insta-catálogo de museus no perfil @museusdeparis 

 

PASSEIOS GUIADOS E VISITAS CULTURAIS

A BEM in Paris tem se posicionado desde 2012, como fornecedora de visitas culturais em Paris, arredores de Paris e viagens pela França. Planejados e realizados por Guias Conferencistas formados na França, nossos passeios têm como foco a cultura, atendendo as mais altas exigências na abordagem da história e do vasto patrimônio da França – seus museus, monumentos e castelos. Nosso e-mail: contato@beminparis.com 

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Maria-Antonieta inspiração na Harper's Bazaar
150 anos de moda na exposição Harper’s Bazaar

A seção de moda do museu das Artes Decorativas de Paris, fechada em 2019 para renovação, reabre em grande estilo com uma exposição que comemora os 150 anos da revista Harper’s Bazaar, lançada em Nova Iorque em 1867 pela editora Harper & Brothers. A Harper’s Bazaar é uma das primeiras revistas de moda e foi…

LER MAIS
Balenciaga e Alaia lado a lado em Paris
A moda de Balenciaga e Azzedine Alaïa celebrada em Paris

A moda de Balenciaga e Azzedine Alaïa é celebrada em exposição inédita em Paris nesse primeiro semestre de 2020. O costureiro espanhol Cristóbal Balenciaga, nasceu na Espanha em 1895. Em 1919 abriu a sua primeira casa de costura em San Sebastian (Espanha) e devido a Guerra Civil Espanhola mudou-se para Paris, onde abriu sua maison em 1937. Balenciaga foi considerado o…

LER MAIS
exposicao-Louboutin
Exposição em Paris celebra Christian Louboutin

Uma exposição excepcional em Paris celebra Louboutin! 55 anos, 28 anos de criações marcantes em seu próprio nome, o designer de sapatos Christian Louboutin é famoso em todo o mundo por seus desejados sapatos de solado vermelho. Expressão de uma época, de uma cultura, de uma identidade, a moda tem ganhado cada vez mais espaço…

LER MAIS
exposição de moda Alaia estilista gênio
Exposição de moda: collab entre Alaia e Tati

A nova exposição de moda  da Fondation Alaïa trata das famosas collabs entre grifes e marcas de fast fashion, hoje em dia, muito comuns. O estilista Azzedine Alaïa, ainda nos anos 1990, foi o primeiro nome de expressão na moda a unir o nome de sua grife a uma marca popular, mais exatamente, a uma…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.