Exposição sobre o Sapato no Artes Decorativas de Paris


sapatilha de seda

O Museu das Artes Decorativas de Paris continua a explorar a relação do corpo e a moda, com um componente tão surpreendente quanto original, o sapato abordando aspectos históricos e técnicos em torno da marcha. A exposição « Marche e démarche », (em português, Caminhada e marcha), promete ser mais um grande sucesso no meio fashionista e acontece de 7 de novembro de 2019 a 23 de fevereiro de 2020. Através dessa exposição, o museu explora o universo do sapato, abordando o status desse acessório indispensável e suas diferentes formas de uso, da Idade Média aos dias de hoje, tanto no Ocidente como em culturas não europeias. Como mulheres, homens e crianças, culturas e grupos sociais calçam ao longo dos tempos? Mais de 500 obras, entre sapatos de diferentes épocas, pinturas, fotografias, objetos de arte, filmes e peças publicitárias, originárias de coleções públicas e particulares francesas e estrangeiras, propõem uma leitura inédita dessa peça do vestuário, considerada ao mesmo tempo, comum e extraordinária.

O sapatinho de Maria-Antonieta

A cenografia da exposição é assinada pelo arquiteto-designer Eric Benqué.

sapato de Maria-Antonieta Paris

 Sapato de Maria-Antonieta, 1792

O tema dessa exposição nasceu durante o estudo, nas coleções do museu, de um sapato usado por Maria-Antonieta em 1792. Este objeto é surpreendente em suas dimensões, pois mede 21 cm de comprimento e apenas 5 cm de largura. Como uma mulher, então com 37 anos, poderia deslizar o pé em um sapato tão pequeno ? A pesquisa nos textos da época – crônicas, memórias, romances – revelou que as damas da aristocracia do século XVIII, e a alta burquesia do século XIX , caminhavam pouco, que a mobilidade delas era controlada e que a mulher era de certa forma, hostilizada no meio urbano.

O sapato durante os séculos: mitos e verdades

sapatos contemporâneos Paris

A exposição faz uma análise do ato de andar  e calçar no cotidiano, da infância à idade adulta, na Europa, na África, na Ásia e na América. Do século XV ao século XIX  constata-se que alguns fatores ambientais, como solos irregulares por exemplo, restrigem ato de caminhar, impondo o uso de calçados adaptados. Na França, durante a Ocupação dos Nazistas durante a guerra,  a penúria de matérias-primas resulta na fabricação de solados de madeira que tornam o caminhar brusco e barulhento. A exposição também explora o universo do sapato militar e o sapato como elemento central de fetichismo, como os usados pelas sensuais dançarinas do Crazy Horse, em Paris. Por fim, a exposição mostra técnicas que, ao longo dos séculos, agregam conforto ao sapato, conciliando ideal de beleza e mobilidade.

sapatos com solado em madeira

Sandália para mulher, 1942

Desvendando o sapato nosso de todo dia

Muito além de uma abordagem sobre o sapato como simples acessório de moda, a exposição « Marche et démarche », no Artes Decorativas de Paris, tem como objetivo despertar nossa curiosidade pelo sapato, esse acessório diário que temos a impressão de conhecer. Uma bela oportunidade para conhecer todo o trabalho técnico por trás do nosso indispensável sapato de todo dia.

 

Exposição “Marche e démarché”: universo do sapato, de 7 de novembro de 2019 a 23 de fevereiro de 2020, no museu das Artes Decorativas em Paris. Musée des Arts Décoratifs -107, rue de Rivoli -75001 Paris

exposição sapatos em Paris

exposição sobre o sapato em Paris

sapato homenagem a Calder

Benoit Méléard, sapato « Homenagem à Calder », coleção « O », 1999

 

Vale a pena ler de novo sobre duas exposições de moda já apresentadas no Artes Decorativas de Paris.

FASHION FORWARD, 3 séculos de moda (1715-2016). Nesse link.

70 anos de Alta costura da Dior. Leia aqui.

E MAIS …

Loulou vem de Louvre, e é o nome do restaurante do Artes Decorativas, que fica no mesmo prédio do museu do Louvre. Restaurante testado e aprovado pela BEM IN PARIS. Tudo sobre o Loulou. Aqui.

Voilà! espero vocês com novidades diárias (ou quase, rsrs), no Instagram @beminparis 

Quer conhecer os diferentes museus de Paris antes de planejar sua viagem? Acesse nosso insta-catálogo de museus no perfil @museusdeparis 

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Jornadas Europeias do Patrimônio 2019 (Les Journées Europèennes du Patrimoine)

Todo ano a Europa reserva dois dias do mês de setembro para celebrar seu inestimável patrimônio, abrindo as portas de lugares, fechados normalmente ao público e abertos de forma excepcional durante um final de semana. Neste ano de 2019, as Jornadas Europeias do Patrimônio acontecem dias 21 e 22 de setembro, oferecendo a oportunidade para…

LER MAIS
Museu das Artes Decorativas de Paris: vitrine do design

O Museu das Artes Decorativas de Paris fica no mesmo prédio do Louvre, no 107 rue de Rivoli. O MAD, como é conhecido entre os franceses, é mais conhecido do público estrangeiro por suas exposições temporárias de grande expressão, como foi a exposição Dior, recorde de público em 2017. Aos interessados por criação e design,…

LER MAIS
Poltrona listrada Pio Conti
Gio Ponti, arquiteto da elegância

O Museu das Artes Decorativas de Paris apresenta em sua nave central, a exposição Tutto Ponti, Gio Ponti archi-designer cobrindo o conjunto da carreira do arquiteto e designer italiano Gio Ponti, de 1921 a 1978. Considerado como um dos profissionais mais influentes do século XX, Ponti (1891-1979) interessa-se tanto pela produção industrial quanto pela produção…

LER MAIS
Sugimentp da arquitetura classica francesa em Cheverny
Castelo de Cheverny no Vale do Loire: famoso castelo do Tintin

Vocês estão sempre me perguntando sobre passeios perto de Paris. Uma das regiões mais prόximas da capital francesa é a região do Vale do Loire (a cerca de 2h20 de carro) famosa pela presença de seus inúmeros e majestosos castelos. A região do Vale do Loire é também conhecida por ser uma região vitivinícola e…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

Please enter an Access Token on the Instagram Feed plugin Settings page.