Exposição do artista belga René Magritte no Pompidou


A exposição René Magritte « La trahison des images »  (a traição da imagens) começou em setembro e já é sucesso de público. A mostra promete ser uma das mais visitadas e comentadas da temporada.

Como uma imagem pode ser enganosa – esse é o centro do debate do artista belga Magritte, considerado o  gênio do Surrealismo. Mais que pintor, Magritte é um grande dominador das palavras e um filόsofo nato. Magritte não procura a confrontar arbitrariamente as palavras e as imagens, mas a resolver uma equação complexa entre a ideia e sua representação.  Suas figuras realistas são assim reproduzidas em quadros cujos temas são insόlitos, intrigantes e inigmáticos, envolvendo mistério e fantasia.

magritte-1

magritte-2

magritte-5

magritte-4

O Centro Pompidou reune suas obras-primas em uma retrospectiva que nos mostra que as fronteiras entre a pintura e a poesia são mais estreitas do que parecem.  Da alegoria da caverna de Platão a curtinas em trompe-l’œil, realizadas no estilo de um Vermmer ou de um Rembrandt, passando por sua « fase Renoir », bastante colorida, esta exposição decripta mensagens codificadas na pintura de Magritte.

Toda a obra de Magritte explora o tema do jogo entre as palavras e as imagens, praticando o que é denominado hoje « pintura-palavra ».

Ceci n’est pas une pipe. Isto não é um cachimbo.

magritte-8

Trata-se da representação de um cachimbo e não um cachimbo em si. Mas, o que também não é um cachimbo nesse quadro ? « Ceci », a palavra « Isto ». Magritte explicou que as palavras têm a mesma substância que as imagens ». A palavra « Isto » poderia designar perfeitamente o fundo do quadro. Esse é um dos raros quadros de Magritte cujo tίtulo é facilmente decriptado.

magritte-10

Curiosidade :

Magritte não inventava os tίtulos de seus quadros. Ele geralmente reunia amigos surrealistas os apresentando suas últimas criações para que estes sugerissem o tίtulos das obras. Tίtulos às vezes evidentes, paradoxais ou completamente incompreensίveis.

Magritte afirma que a arte não precisa ser interpretada, precisa ser comentada e ele atingiu seu objetivo pois sua obra enigmática, provoca a curiosidade dos expectadores que podem passar horas diante de seus quadros comentando-os e tentando decifrá-los.

magritte-7

magritte-6

magritte-9

 

René Magritte “La trahison des images”, no Centro Pompidou – Place Georges Pompidou, 75004 – Paris – Metrô : Hôtel de Ville ou Rambuteau

Até 23 de janeiro de 2017

Todos os dias, exceto às terças-feiras.

Indo aos fins-de-semana, prepare-se para longas filas!

 

E mais!

Museu da Música: experiência musical em família – Leia aqui

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Eugène Delacroix
Na intimidade de Delacroix

No passeio guiado pelo bairro histórico de Saint-Germain des Prés, sempre que possível, entramos pelo menos no pátio de museu Delacroix, onde viveu o artista, um dos maiores nomes do Romantismo na França. O museu Delacroix fica no primeiro andar de um pequeno prédio do n° 6, rue de Furstenberg, local onde Delacroix morou e…

LER MAIS
raspadores de assoalho pintura
3 pinturas para celebrar o Dia do Trabalhador

ORIGEM DO DIA DO TRABALHADOR  A comemoração do Primeiro de Maio como Dia do Trabalhador remonta aos movimentos trabalhistas ocorridos na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, no final do século XIX, como consequência direta da precarização do trabalho após a Revolução industrial. Na época, a jornada de trabalho era superior a 12 horas por dia, sem…

LER MAIS
exposicao-Louboutin
Exposição em Paris celebra Christian Louboutin

Uma exposição excepcional em Paris celebra Louboutin! 55 anos, 28 anos de criações marcantes em seu próprio nome, o designer de sapatos Christian Louboutin é famoso em todo o mundo por seus desejados sapatos de solado vermelho. Expressão de uma época, de uma cultura, de uma identidade, a moda tem ganhado cada vez mais espaço…

LER MAIS
Impressionismo e a moda
10 exposições imperdíveis em Paris

10 exposições imperdíveis em Paris haja critério para selecioná-las, pois a vontade é de listar todas, mas a lista é numerosa. Paris tem uma oferta cultural vasta e além da visita das coleções permanentes, seus principais museus organizam exposições temporárias com temas específicos. Como Guia Cultural em Paris, estou sempre visitando essas exposições para complementar…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins
This endpoint has been retired

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.