A tapeçaria moderna de Jean Lurçat ilumina a Gobelins


Membro da Academia das Belas Artes, poeta e artista engajado, Jean Lurçat (1892-1966) é um dos maiores nomes do movimento do renascimento da tapeçaria. Fascinado pelas tapeçarias medievais, consideradas pore ele como as mais extraordinárias obras-primas da arte ocidental, Jean Lurçat inicia sua trajetória como pintor e expõe pela primeira vez, em 1920.

jean-lurcat-retrato

Para marcar os cinquenta anos da morte de Jean Lurçat, um dos maiores nomes da tapeçaria moderna, sua obra é tema de uma exposição inédita na Manufacture des Gobelins, no 13° distrito de Paris.

A mostra revela as diferentes facetas da obra de Jean Lurçat, chefe de um movimento que reuniu inúmeros artistas e teve papel determinante na história da arte e no renascimento da tapeçaria no século XX.

A exposição também possibilita a redescoberta de um pintor ímpar que conheceu entre as duas guerras, um grande sucesso na Europa e nos Estados Unidos. O sucesso de Lurçat junto aos grandes comanditários é acompanhado do reconhecimento por parte dos ateliês de Aubusson e das históricas Manufaturas nacionais (Gobelins, Beauvais e Savonnerie).

Reconhecido como o modernizador da tapeçaria, Jean Lurçat produziu milhares de cartões de tapeçarias célebres, explorando temas como a poesia, a guerra e os animais, muitas vezes, imaginários, para celebrar uma forma de harmonia entre homem e a natureza.

jean-lurcat-tapecaria-1

jean-lurcat-quadros

jean-lurcat-tapecaria-2

jean-lurcat-tapecaria-3

Poeta e ilustrador inspirado, criador no domínio das artes decorativas, artista nômade, apaixonado por viagens, Lurçat visitou mais de cem países estrangeiros em quatro continentes. Engajamento, descoberta, a viagem para Jean Lurçat representa um modo de vida. Ele nutre sua reflexão sobre o ser humano e o planeta, regimes políticos, mutações econômicas e sociais… paisagens fora do comum revelam aspectos do mundo, alimentam e inspiram sua arte.

jean-lurcat-japao

Homenagem ao Japão, “Terra do Sol Nascente”

O circuito da visita explora de forma cronológica a trajetória do artista, que decide abandonar a pintura de cavalete para se dedicar a tapeçaria, arte monumental que se tornou sua forma de expressão ideal para expor sua  concepção do papel social da arte.

jean-lurcat-liberte

Quem acompanha a @beminparis no Snapchat há algum tempo teve a oportunidade de ver essa exposição por duas vezes e possivelmente se lembre que essa exposição foi uma sugestão da minha filha Valentine, que tinha ido conferir a exposição com a escola. Ela me disse : « mamãe, você tem quer ver essa exposição que está maravilhosa e seus turistas não podem perder  no Snap».  Espero que você esteja entre aqueles que, de fato, não perderam essa exposição no Snap. Valentine tinha razão, a obra de Jean Lurçat é iluminada, tocante. Voltaria mais vezes e certamente teria o mesmo encantamento.

jean-lurcat-valentine

Valentine curtindo a exposição pela segunda vez.

jean-lurcat-cadeiras

jean-lurcat-tapete-tigre

jean-lurcat-tapete

Intitulada « Au seul bruit du soleil », a exposição Jean Lurçat  fica na Manufacture des Gobelins, até o dia 18 de setembro de 2016.

Manufacture des Gobelins – 42, avenue des Gobelins – 75013 Paris

Metrô : linha 7 Estação : Les Gobelins

Aberta todos os dias, exceto às 2as-feiras (também fechado em 1° de maio, 25 de dezembro e 1° de janeiro)

 

gobelins

Manufacture des Gobelins, no 13ème

gobelins-loja

A livraria tem grande variedade de livros sobre a arte da tapeçaria e peças lindas. Amei esse porta-óculos !

E mais!

Cursos de iniciação à joalheria na Van Cleef & Arpels – Leia aqui

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Eugène Delacroix
Na intimidade de Delacroix

No passeio guiado pelo bairro histórico de Saint-Germain des Prés, sempre que possível, entramos pelo menos no pátio de museu Delacroix, onde viveu o artista, um dos maiores nomes do Romantismo na França. O museu Delacroix fica no primeiro andar de um pequeno prédio do n° 6, rue de Furstenberg, local onde Delacroix morou e…

LER MAIS
raspadores de assoalho pintura
3 pinturas para celebrar o Dia do Trabalhador

ORIGEM DO DIA DO TRABALHADOR  A comemoração do Primeiro de Maio como Dia do Trabalhador remonta aos movimentos trabalhistas ocorridos na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, no final do século XIX, como consequência direta da precarização do trabalho após a Revolução industrial. Na época, a jornada de trabalho era superior a 12 horas por dia, sem…

LER MAIS
exposicao-Louboutin
Exposição em Paris celebra Christian Louboutin

Uma exposição excepcional em Paris celebra Louboutin! 55 anos, 28 anos de criações marcantes em seu próprio nome, o designer de sapatos Christian Louboutin é famoso em todo o mundo por seus desejados sapatos de solado vermelho. Expressão de uma época, de uma cultura, de uma identidade, a moda tem ganhado cada vez mais espaço…

LER MAIS
Impressionismo e a moda
10 exposições imperdíveis em Paris

10 exposições imperdíveis em Paris haja critério para selecioná-las, pois a vontade é de listar todas, mas a lista é numerosa. Paris tem uma oferta cultural vasta e além da visita das coleções permanentes, seus principais museus organizam exposições temporárias com temas específicos. Como Guia Cultural em Paris, estou sempre visitando essas exposições para complementar…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.