A nova fase do Museu Rodin


Museu Rodin O Pensador

“O Pensador”, uma das obras de Rodin que acolhe o visitante nos jardins do museu

A tão esperada reabertura do Museu Rodin aconteceu no final de 2015, depois de três (longos) anos de restauração. Desde sua recente reabertura, parisienses e turistas se precipitam em massa para ver e rever uma das mais belas coleções de esculturas de Paris.

Museu Rodin

Hôtel Biron, sede do Museu Rodin desde 1919

O Museu Rodin inaugurado oficialmente em 1919, está instalado em uma mansão do século XVIII, o Hôtel Biron, antiga residência e estúdio de trabalho de Auguste Rodin, que em troca da moradia e local de trabalho doou suas obras para o Estado Francês, proprietário do local. Testemunho da arquitetura «rocaille» (rococó) parisiense, o Hôtel Biron está inscrito na lista dos Monumentos históricos e, acolhe em dois andares, inúmeras obras de Auguste Rodin, Camille Claudel, e igualmente, pinturas, esculturas e obras antigas, originárias das coleções do artista.

Museu Rodin A Porta do Inferno

“A Porta do Inferno”, sua obra de maior prestígio introduz o circuito da visita

A visita do Museu Rodin começa pela descoberta de seus jardins, onde são exibidas cerca de 30 estátuas fundidas em bronze, que introduzem o visitante ao universo de Rodin, ao longo de um agradável passeio marcado por obras relevantes como «A Porta do Inferno», «Os burgueses de Calais», «As Sombras» e o famoso «O Pensador».

Museu Rodin detalhe A Porta do Inferno

Detalhe do conjunto “A Porta do Inferno”, com destaque para “As três Sombras” e “O Pensador”, dentre os mais de duzentos personagens e grupos desta obra decisiva para a escultura de Rodin.

Nascido em 1840, Rodin revelou desde cedo grande talento para o desenho e convenceu o pai, a inscrevê-lo, aos 14 anos na escola especial de desenho e matemática, chamada «La Petite Ecole». Após três tentativas frustradas de ingresso na renomada Escola de Belas Artes, Rodin decidiu trabalhar e se aprimorar junto ao ornamentista e decorador francês Albert-Ernest Carrier-Belleuse, entre Bruxelas e Paris. A descoberta de Michelângelo em sua viagem à Italia em 1875-1876, foi determinante. Com essa experiência, Rodin operou uma ruptura na história da escultura, abrindo o caminho da arte do século XX, pela introdução em sua obra, de procedimentos técnicos e de escolhas plásticas que encontram-se no centro de sua estética.

Mesmo não sendo aluno da Escola de Belas Artes de Paris e não ter seguido a trajetória clássica de grandes artistas, Rodin realizou trabalhos extraordinários, revelando com maestria as formas, volumes e curvas do corpo humano. Foi no ano de 1877 que iniciou sua carreira, expondo em Bruxelas e depois Paris, a obra «A Idade do Bronze», com a qual causou grande escândalo, acusado de ter modelado em cima do corpo de seu modelo. Esse escândalo chamou a atenção para a obra de Rodin e lhe valeu, em 1880, a encomenda para realização do conjunto escultural «A Porta do Inferno», sua obra de maior prestígio.

Museu Rodin A Catedral

“Catedral”, cujo o espaço vazio entre as mãos está relacionado a arquitetura gótica.

Museu Rodin As três sombras

“As três Sombras”, representando as três almas da entrada da “Porta do Inferno”

Museu Rodin busto jeune fille

“Jovem com chapéu florido”. Aqui Rodin retrata sua namorada Rose, com um ornamento típico da classe média da época

Novo circuito de visita

O novo circuito de visita do Museu Rodin é contínuo e acessível a pessoas com mobilidade reduzida, entre ordem e «desordem» cada espaço apresenta uma dominante sobre a evolução de sua escultura.

Entre milhares de objetos legados por Rodin, constam cerca de 200 quadros, alguns adquiridos pelo escultor, como telas de Van Gogh e de Monet. Estas obras traduzem o gosto de Rodin, bem como suas relações humanas e estilísticas com seus contemporâneos.

Museu Rodin Van Gogh

Telas de Van Gogh, da coleção privada de Rodin

Destaque para Camille Claudel

Uma das novas salas do museu é dedicada a obras de seus aprendizes, com destaque para a escultura de Camille Claudel, que além de aprendiz teve um tumultuado envolvimento emocional com Rodin.

Museu Rodin Camille Claudel A idade madura

“A idade madura”, emblemática obra de Camille Claudel

Museu Rodin O beijo

Detalhe de “O Beijo”

Museu Rodin O homem em marcha

“O homem andando”, de Rodin, é também intitulada “São João Batista”

Museu Rodin vista Invalidos

Vista para o Domo da Igreja do  Hôtel dos Inválidos de uma das salas do museu

Museu Rodin jardins

O agradável jardim do Museu Rodin também conta com uma Cafeteria.

Rodin encarna ainda hoje, o gênio da escultura e o Museu Rodin definitivamente está entre as imperdíveis visitas culturais em Paris.

Museu Rodin, 77 rue de Varenne, 75007 Paris
Attention ! Fechado às Segundas-feiras.
E mais!

3 exposições imperdíveis no Grand Palais – Leia aqui

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Veneza festejada no Museu Cognacq-Jay

Ate 25 de junho de 2017, o museu Cognacq-Jay, no Marais, apresenta uma exposição sobre as festas venezianas. Paradoxalmente, mesmo diante do enfraquecimento de seu poder polίtico, econômico e territorial desde a Renascença, Veneza conhece uma riquίssima fase cultural no século XVIII. A Cidade dos Doges, como para exorcisar seu declίnio que culminou com a…

LER MAIS
Festas e Divertimentos na Corte de Versalhes

Luίs XIV compreende desde cedo o papel polίtico e social dos divertimentos que contribuem para o esplendor da monarquia. O « Rei Sol » promove grandes festas e eventos memoráveis durante todo seu reinado, atribuindo grande importância a esses eventos considerados por ele, parte da arte de governar. O desafio dos cortesãos por outro lado, era o…

LER MAIS
Nuit Blanche : noite cultural em Paris

A « Nuit Blanche », que literalmente significa « noite em claro » acontece uma vez por ano, no primeiro sábado do mês de outubro. Durante toda a noite, museus, monumentos e locais emblemáticos da capital francesa são abertos gratuitamente ao público, noite afora, exibindo instalações artísticas, concertos e animações inusitadas, algumas criadas especialmente para o evento, que destaca…

LER MAIS
Dormir na Torre Eiffel durante a Eurocopa, um sonho possível

O que você faria se a Torre Eiffel fosse sua por uma noite ? foi respondendo a essa pergunta que os felizardos ganhadores do concurso promovido pela Homeway tiveram o sonho realizado de dormir por uma noite, no primeiro andar da « Dama de ferro », durante a Eurocopa. A HomeAway é lider mundial na locação de apartamentos…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.