4 exposições no Artes Decorativas : design e moda


No Museu das Artes Decorativas, moda, publicidade e artes decorativas estão reunidos em mais de 10 000m². As coleções ilustram a histόria do gosto, do talento, da ingeniosidade e da arte de viver da Idade Média aos dias de hoje.

Fui conferir as 4 exposições temporárias do Artes Decorativas com temas relacionados ao design e a moda. Difίcil eleger a mais interessante. Qualquer uma das quatro, já vale e muito, a ida ao museu.

Até 8 de janeiro de 2017 – Design

Roger Tallon – Le design en mouvement

Roger Tallon é reconhecido como o pioneiro do design industrial francês (1929-2011).

Para cada projeto, Tallon aplica sua concepção de um design global : ergonomia ; cores, sinalização e embalagem. Sua ambição é de conceber objetos e espaços pensados para acompanhar a evolução dos modos de vida.

Tallon acredita muito cedo que o design não se limita apenas ao produto mas que o mesmo carrega em si uma dimensão cultural. Essa percepção o leva ao estreitar relações com o mundo da arte contemporânea e a pesquisar sobre o trabalho de artistas plásticos.

Roger Tallon iniciou, impulsionou, acompanhou e antecipou a histόria do design francês. Ele compreendeu intuitivamente, desde os anos 1950, o papel essencial que teria o design na construção da sociedade do pόs-guerra e percebeu que o design teria que avançar para assegurar sua perenidade e se abrir para todas as oportunidades, inclusive a de redefinir os parâmetros da produção de novos modos de vida.

O designer deixou uma herança que modificou o cotidiano dos franceses, trabalhando em especial no design dos trens ferroviários, como o famoso TGV Dupleix (o trem de alta velocidade).

artdecoexpo

artdecoexpo1

artdecoexpo2

 

Até 12 de fevereiro de 2017 – Design

Jean Nouvel – Mes meubles d’architecte sens et essence

O francês Jean Nouvel é um dos maiores nomes da arquitetura contemporânea. Jean Nouvel é o nome por trás de construções importantes em Paris, dentre elas, o  Instituto do Mundo Árabe, o Museu do Quai Branly e recentemente o arrojado projeto da Philarmonie de Paris. O Artes Decorativas dedica uma exposição ao mobiliário e aos objetos editados  com assinatura Jean Nouvel, mais de cem criações desde 1987.

Além de uma simples retrospectiva, essa exposição cria um diálogo entre suas criações e o exposição permanente do museu, sua histόria e suas coleções.

Ao longo da exposição, as galerias da Idade Média e da Renascença, aquelas dedicadas aos séculos XVII e XVIII, mas também espaços dedicados às coleções de design gráfico e de publicidade, criam composições inéditas.

Como outros grandes arquitetos, de Mies van Der Rohe a Le Corbusier, Jean Nouvel há muitos anos também se dedica ao design mobiliário. Ele costuma dizer : « não me considero designer, mas um arquiteto que faz design ». Seus mόveis e objetos domésticos são funcionais de um rigor absoluto, sempre integrados a cultura da época ; à imagem de sua concepção e de sua prática de uma arquitetura contextual.

artdecoexpo3

artdecoexpo4

artdecoexpo5

Até 26 de fevereiro de 2017 – Design

L’Esprit du Bauhaus

« Arquitetos, escultores, pintores, todos nόs devemos retomar a criação artesanal » escreve o arquiteto Walter Gropius em seu manifesto da Bauhaus. Fundada em 1919 em Weimar, e fechada em 1933 em Berlim, tendo em vista o avanço do nazismo, a Bauhaus é uma escola de ensino artίstico que se impôs como uma referência da histόria da arte do século XX. Ela foi criada por Gropius para dar vida a moradia e a arquitetura, por meio da sίntese das artes plásticas, do artesanato e da indústria.

A influência da Bauhaus é considerada imediatamente e formidavelmente de  vanguarda. Rapidamente, o nome “Bauhaus” designa mais que uma escola, e se torna o sίmbolo de toda uma corrente de arte moderna, que abriu caminho para o minimalismo e  deu adeus aos ornamentos e detalhes do tipo.

A exposição L’Esprit du Bauhaus, com mais de 700 obras, objetos, mobiliário, criações têxteis, pintura, etc, ; aborda o contexto histόrico e as bases que permitiram a criação da Bauhaus, levando o visitante a seguir todas as etapas do curso dos estudantes nos diferentes ateliês. Exposição inspiradora, que poderá interessar amadores de arte e de design, bem como estudantes da área.

artdecoexpo6

artdecoexpo7

artdecoexpo8

 

Até 23 de abril de 2017 – Moda

Tenue correcte exigée

A cada estação do ano, como na atualidade social e polίtica, na moda é também difίcil escapar de cόdigos. A exposição « Tenue correcte exigée »  “Traje Correto Exigido, Quando a Roupa Dá um Escândalo” » convida o espectador a revisitar os escândalos que marcaram a histόria da moda do século XV aos dias de hoje.
A proposta da exposição é explorar mais de 300 trajes e acessόrios, fotografias, caricaturas e objetos que representam as liberdades e as infrações feitas à norma vestimentar, aos cόdigos e aos valores morais. Vestido esvoaçante, calça feminina, saia para homem, smoking para mulher, mini-saia, baggy ou blue jeans, que se tornaram indispensáveis e marcaram uma ruptura, provocando duras crίticas e interdições. Porque eram muito curtos ou muito longos, muito colados ou muito largos, julgados vulgares ou pudicos,  muito femininos para o homem, muito masculinos para a mulher, essas roupas transgrediram a ordem estabelecida.  A exposição se articula em torno de três temáticas fortes : a roupa e a regra, será que homem ou mulher ? e a provocação dos excessos.

« Como devemos nos vestir » ? tal é a questão  que a exposição objetiva responder procurando dar uma nova abordagem quanto aos desafios suscitados pelas escolhas de estilo.

Vale lembrar que a coleção de moda do Artes Decorativas é apresentada ao público unicamente durante as exposições temporárias. Estando em Paris até 23 de abril de 2017, não perca a oportunidade de conferir essa exposição excepcional.

artdecoexpo9

artdecoexpo10

artdecoexpo11

 

Musée des Arts décoratifs
107, rue de Rivoli
75001 Paris

Metrô : Palais-Royal, Pyramides ou Tuileries

Funcionamento :

De terça a domingo, das 11h às 18h
• As quintas-feiras : noturno até às 21h (exposições temporárias unicamente)
• Fechado às segundas-feiras, 25 de dezembro, 1° de janeiro e 1° de maio.

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Chistian Dior New Look
Exposição celebra os 70 anos de Alta costura da Dior

O Musée des Arts Décoratifs (museu das artes decorativas) de Paris, apresenta uma retrospectiva excepcional de sete décadas de histόria e de criação da maison Dior. A exposição que celebra os 70 anos da Alta costura da Dior mostra a extrema riqueza do universo criativo de Christian Dior apresentando trezentos vestidos de Alta costura, inúmeros…

LER MAIS
Os Globos de Luis XIV : objetos de arte e de ciências

Os Globos de Coronelli, também chamados Globos de Marly são dois globos (terrestre e celeste) de grande dimensão (4 m de diâmetro) realizados por Vincenzo Coronelli e oferecidos a Luίs XIV, grande protetor das artes e da navegação no século XVII. Os Globos de Luίs XIV foram encomendados para apresentar os conhecimentos cientίficos da época,…

LER MAIS
Thé & Beauté Ladurée : nova concept-store na rue de Rivoli

  A dois passos do Jardim des Tuileries, a Ladurée acaba de abrir uma boutique exclusiva dedicada ao universo do chá.  Os chás degustados nos tradicionais endereços Ladurée (na Champs-Elysées e rue Royale) serão vendidos exclusivamente neste endereço, que conta também com velas aromáticas e perfumes de ambiente. Os perfumes são inspirados dos famosos macarons…

LER MAIS
Como em Lisboa

Localizado em pleno Marais Comme à Lisbonne (como em Lisboa) é o local de encontro mais lisboeta de Paris. Um espaço acolhedor e intimista inspirado no ambiente dos cafés de Lisboa. Um local único em Paris para apreciar e degustar o Pastel de Nata. Diariamente fornadas e fornadas dos famosos pastéis do Comme à Lisbonne…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis