3 exposições imperdíveis no Grand Palais


O Grand Palais é uma das mais importantes construções arquitônicas de Paris. Conhecido em especial por ser palco dos deslumbrantes desfiles da Chanel, e por sediar anualmente o prestigiado campeonato de hipismo, o Saut d’Hermès. Além da referência em grandes eventos, o Grand Palais também é local de exposições das mais concorridas. Apresento nesse post as 3 exposições imperdίveis no Grand Palais a serem conferidas até julho de 2017.

exposição de joias indianas no Grand Palais

From the Great Mughals to the Maharajas

Jewels From the Al Thani Collection : Tesouros da coleção Al Thani de joias indianas

Mais de 270 peças extraordinárias da coleção Al Thani, realizadas desde o  período em que o Império Mongol dominou quase todo o subcontinente indiano até a era moderna. A exposição reúne peças histόricas inestimáveis, excepcionalmente apresentadas na França : diamantes, gemas de renome, joias espetaculares e peças inéditas provenientes de coleções de marajás e  de prestigiadas instituições.

Elas testemunham cinco séculos da histόria indiana, marcada por uma riqueza cultural única no mundo.  Até 5 de junho /2017

tesouros da joalheria indiana no Grand Palais

Para quem estiver em Paris em julho mais duas exposições imperdίveis no Grand Palais !

Jardins

Até 24 de julho /2017

Fragonard, Monet, Cézanne, Klimt, Picasso ou ainda Matisse. Graças ao talento de grandes artistas, o jardim foi celebrado e transformado em obras-primas da histόria da arte. O Grand Palais as reuniu em uma exposição sublime, que retraça, da Renascença aos nossos dias, seis séculos de criações em torno do tema jardim. Esse espaço fechado foi transformado em um mundo de liberdade e de imaginação. Pinturas,  esculturas, fotografias, desenhos, instalações, ambientes sonoros e olfativos. Essa exposição é um verdadeiro passeio primaveril que transporta adultos e crianças numa viagem imersiva e poética.

Claude Monet na exposição Jardins no Grand Palais em Paris

Rodin : a exposição do centenário

Até 31 de julho /2017

Auguste Rodin (1840-1917) é considerado o pai da escultura moderna. Para comemorar o centenário de sua morte, o Grand Palais expõe suas mais importantes obras-primas, dentre elas, O Pensador o Os Burgueses de Calais. O circuito da exposição retraça os sonhos e as glόrias desse poeta da paixão, mestre incontestável e mostro sagrado. Entre escândalos e polêmicas, Rodin revoluciona a criação artίstica antes de Braque, Picasso ou Matisse, e a introduz na modernidade. A exposição também celebra sua posteridade destacando artistas que se inspiraram em sua genialidade : de Carpeaux a Richier, passando por Bourdelle, Claudel, Brancusi ou Picasso.

3 exposicoes imperdίveis no grand palais

GRAND PALAIS, GALERIES NATIONALES
3, avenue du Général Eisenhower
75008 Paris

Metrô : linhas 1, 9, 13 / Estações : Franklin-D.-Roosevelt, Champs-Elysées-Clemenceau

E mais…

Fique por dentro do curso de iniciação à joalheria da Van Cleef & Arpels. Post nesse link.

Conheça a obra de Fragonard em uma das mais belas exposições organizadas em Paris em 2016. Nesse link.

Museu Rodin e seus jardins, neste post.

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis