10 curiosidades sobre Versalhes


Símbolo da perfeição clássica, o conjunto composto pelo castelo, seus jardins e Trianon forma um universo complexo construído, majoritariamente, no reinado de Luís XIV, que não mediu esforços para a contratação dos maiores artistas, arquitetros, pintores e mestres em jardins, de seu tempo.
 
Castelo de Versalhes

O famoso « Rei Sol », herdou de sua mãe Ana da Áustria, o gosto pelo refinamento e fez de Versalhes, um verdadeiro exemplo da excelência artística do seculo XVII.

A história da construção de Versalhes se confunde com a história da França, em especial, no que está relacionado ao Absolutismo e a Revolução Francesa.

 10 curiosidades sobre Versalhes
  1. A diferença entre Palácio e Castelo é a seguinte : castelo vem do latin castellum, diminutivo de castrum; que significa « lugar fortificado. Castelo, ou seja, château significa igualmente residência senhorial ». Quanto ao termo « palais », palácio, vem do latim palatium, nome do monte romano onde ficava o palácio do imperador Augusto, que passa a designar palácios imperiais.  Enquanto residência principal do rei da França, Versalhes é considerado tanto palácio, como castelo, palais e château
  2. Luís XIV escolhe construir o castelo em Versalhes, arredores de Paris, por afeição ao retiro de caça de seu pai, Luís XIII.
  3. O Castelo de Versalhes foi construído ao longo de 50 anos.
  4. A Capela Real do Castelo de Versalhes foi a última edificação encomendada pelo rei Luís XIV. Inaugurada em 1710.
  5. O Castelo de Versalhes conta com uma Ópera Real, edificada no reinado de Luís XV.
  6. O Domínio de Versalhes inclui o Castelo, os Jardins, os palacetes Petit e Grand Trianon e o Hameau de la Reine, vilarejo da Rainha, que ficou conhecido pela presença de Maria-Antonieta.
  7. O Rei e a Rainha dormiam em aposentos separados. A eles, eram atribuídos dois tipos de quartos, o de cerimônia e o quarto privado.
  8. O Castelo de Versalhes não foi destruído na Revolução Francesa (1789) e foi transformado em um museu « dedicado à todas as glórias da França », em 1840..
  9. O Castelo era iluminado a luz de velas com enormes castiçais.
  10. Ē mencionado nos arquivos de Versalhes, que as fossas só foram instaladas em 1727, depois da morte de Luís XIV e que, antes desse período, como banheiro, eram usadas latrinas e também os jardins

Fonte de Latona em Versalhes

Confira aqui no #beminparisblog outros posts sobre Versalhes

Festas e divertimentos na corte de Versalhes. Neste link

Lustre Gabriel, um lustre contemporâneo para Versalhes.

Galeria dos Espelhos, obra-prima do Palácio de Versalhes. Aqui.Galeria dos Espelhos em Versalhes

CURSOS ON-LINE DE HISTÓRIA DA ARTE & CULTURA FRANCESA

@beminparis está expandindo sua atuação na cultura através de cursos on-line de história da arte e cultura francesa. Você ama história da arte e cultura francesa, é iniciante ou quer aprofundar seus conhecimentos de onde você estiver, esta oportunidade é para você.

Os cursos são planejados e apresentados por Edis Lima, formada como Conferencista Nacional na França, com dez anos de experiência como Guia Cultural em Paris em museus como o Louvre, o museu d’Orsay, Centro Pompidou, Castelo de Versalhes e outros.

Preencha o formulário e seja o primeiro a ser informado sobre nossos cursos on-line, enriquecendo seus conhecimentos e repertório, sem sair de casa. Clique aqui.

 

COMPARTILHAR

POSTS RELACIONADOS

Leda por Gustave Moreau
Gustave Moreau : museu secreto e surpreendente em Paris

Origem do simbolismo O simbolismo surge no final do século XIX, reunindo pintores, escultores, escritores e músicos. Eles querem traduzir o irracional, seus desejos conscientes e inconscientes. Enquanto a revolução industrial promove a ciência, a matéria, o realismo e a razão, o simbolismo exalta o imaginário, os sonhos, os fenômenos sobrenaturais, o misticismo e as…

LER MAIS
Os segredos da Vênus de Milo
Louvre : os segredos da Vênus de Milo

Admirada, copiada, citada, subvertida, a Vênus de Milo tem fascinado o público, desde a sua entrada no Louvre em 1821. Célebre no mundo inteiro, a mulher sem braços é no entanto mal conhecida. Em primeiro lugar, deveria ser rebatizada e nomeada corretamente, com o seu nome grego, « Afrodite de Melos ». Contudo, por falta de atributo,…

LER MAIS
Eugène Delacroix
Na intimidade de Delacroix

No passeio guiado pelo bairro histórico de Saint-Germain des Prés, sempre que possível, entramos pelo menos no pátio de museu Delacroix, onde viveu o artista, um dos maiores nomes do Romantismo na França. O museu Delacroix fica no primeiro andar de um pequeno prédio do n° 6, rue de Furstenberg, local onde Delacroix morou e…

LER MAIS
Balenciaga e Alaia lado a lado em Paris
A moda de Balenciaga e Azzedine Alaïa celebrada em Paris

A moda de Balenciaga e Azzedine Alaïa é celebrada em exposição inédita em Paris nesse primeiro semestre de 2020. O costureiro espanhol Cristóbal Balenciaga, nasceu na Espanha em 1895. Em 1919 abriu a sua primeira casa de costura em San Sebastian (Espanha) e devido a Guerra Civil Espanhola mudou-se para Paris, onde abriu sua maison em 1937. Balenciaga foi considerado o…

LER MAIS

COMENTÁRIOS

instagram | @beminparis

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.